Processadores x86 e x64, uma breve explicação

Tech,Variedades

Buenas pessoal, estamos aqui pra mais um bate papo de TI. Hoje quero falar um pouco sobre processadores: o que são, qual a diferença entre x86 e x64 e por que esses nomes.

Para começar vou explicar, de uma maneira simples, o que é o processador e depois falarei um pouco sobre as arquiteturas x86 e x64.

Processador

Esse é o nome popular para microprocessador, que nada mais é do que um circuito integrado que realiza funções de cálculo e tomada de decisão de um PC.

O processador é o responsável pela execução das instruções do sistema. Ele determina a capacidade de processamento de um computador e o conjunto primário de instruções que ele compreende. Os sistemas operacionais são construídos com base nesse conjunto.

Os microprocessadores se subdividem em algumas partes, que trabalham em alta frequência. A ULA (Unidade lógica aritimética) é responsável pelos cálculos lógicos e aritiméticos; os registradores, que como o próprio nome já diz, tem a função de registrar os dados processados para serem depois lidos pelo sistema, a UC (Unidade de controle) que é responsável por controlar as funções as serem executadas pelo computador e a UCM (Unidade de controle de memória) é um responsável por transformar endereços virtuais em endereços físicos e administrar a memória principal do computador.

x86

É assim chamado devido ao fato de os primeiros processadores dessa linha terem os nomes de 8086, 80186, 80286, 80386 e o 80486 (esses 3 ultimos popularmente conhecidos por 286, 386 e 486). Como não é possível registrar marca sobre números, os fabricantes de processadores passaram a usar nomes como Pentium, Athlon, entre outros.

Esse termo se refere a uma família de processadores com base no processador 8086 da Intel, que foi lançado em 1978 e tinha 16 bits, porém só se tornou comum após o surgimento do 80386, que já possuía 32 bits. Até hoje associamos esse termo a processadores de 32 bits.

x64

Esse é um nome genérico para a família de processadores de 64 bits, que é um superconjunto da arquitetura de 32 bits, a x86. Seu nome inclusive descende dessa arquitetura, e por uma questão de convenção passou-se a chamar os processadores de 64 bits como x64, mantendo um similaridade de nomenclaturas.

Essa arquitetura foi desenhada pela AMD (Advanced Micro Devices) e a primeira família a possuir suporte a ela foi o AMD K8. Foi a primeira empresa, fora a Intel, a fazer uma modificação significativa na arquitetura x86. A Intel se viu obrigada a seguir o caminho da concorrente e então lançou seu primeiro processador 64 bits, porém sob uma licença da AMD para uso de sua arquitetura (assim a AMD ficaria liberada a fazer toda e qualquer alteração que quisesse no x86). Portanto, os processadores Intel 64 são feitos com base na arquitetura desenvolvida pela AMD, sua principal concorrente. Como essa arquitetura nasceu de uma adaptação da x86, ela herdou todas suas características, sendo assim os processadores x64 são totalmente compatíveis com os sistemas x86 de 32 e 16 bits.

Espero que tenham gostado e isso possa ajudar a todos a entender melhor o que significa e como funciona um processador! Até breve!

4 comentários

Deixe uma resposta para Blog Ideias! Cancelar resposta