Check-in: Rio 40º… cidade da corrida!

Check-in,Variedades

Olá caríssimo internauta!
Há algum tempo pensei em falar sobre a cidade maravilhosa, mas propondo um roteiro diferente dos tradicionais. Daí surgiu a ideia de falar sobre a crescente “indústria das corridas” que tem movimentado diversos pontos turísticos em todo mundo! O Rio de Janeiro é um deles, bem pertinho da gente, aqui no Brasil. E não importa se você é corredor de “fim de semana” ou é daqueles que pegam firme nos treinamentos. Até quem é adepto da caminhada tem o seu lugar nesse cenário de tirar o fôlego! (Aqui valeu o trocadilho!!)

Trajeto da Maratona do Rio em 2009 (via site da Caixa)


Passagem de parte do pelotão geral pela praia de Copacabana, na Meia Maratona do Rio de 2009 (crédito: Ana Carolina Amaral).

Milhares de atletas, sejam eles de elite ou do “pelotão geral”, sempre viajaram para outros estados e países em busca das corridas de rua cujos circuitos são formados ao longo das principais vias urbanas dos respectivos locais de prova. A novidade está na porção “galera” – sem muitas pretensões profissionais e ligada mesmo na saúde – que tem aliado a paixão pelo esporte com o desejo de conhecer ou de explorar novos lugares.

Há algum tempo a forte divulgação dos circuitos se restringia à São Silvestre, em São Paulo, mas aos poucos foram incluídos a própria Meia Maratona do Rio e a Meia Maratona de Fortaleza, por exemplo. A nossa Volta Internacional da Pampulha, em Minas Gerais, já está na sua décima segunda edição e incentivou o surgimento de outros eventos e percursos, como a Meia Maratona da Linha Verde e, mais recentemente, a Meia Maratona Internacional de Belo Horizonte, realizada no último dia 8 de agosto.

Os novos circuitos refletem apenas uma das conseqüências da crescente procura dos “corredores-turistas” por outros desafios. E por que não aliar um bom desempenho ao turismo? A empresa aérea TAM percebeu essa intenção e em muitas provas distribui folders sugerindo pacotes de passeios nas épocas de maratonas. Outros patrocinadores seguem a oportunidade e faturam na venda de materiais esportivos.

Registro da concentração do pelotão geral da Meia maratona do Rio 2009 (crédito: Ana Carolina).

Bem-vindos ao Rio de Janeiro! Muitos atletas chegam em grupos e levam grande parte da família. Mesmo os que não vão correr podem torcer da beira da praia, pois, nesse caso, grande parte do percurso é com vista para o mar!

Torcida firme na Meia Maratona do Rio em 2009! Depoimento pessoal: pai atleta e a mãozinha da mãe no cantinho. Acredito que a foto seja de Filipe Calijorne.

Normalmente os percursos são de 42km, no caso das maratonas, 21km para as “meia-maratonas” e em alguns eventos são oferecidas rotas menores, de 5 ou 6 km. Na última Maratona do Rio, em 18 de julho deste ano, houve a categoria “Family Run” uma rota menor, mas que possibilita o participante sentir o gostinho de estar em um grande evento e desfrutar da bela paisagem carioca!

"Cidade maravilhosa, cheia de encantos mil"... Praia de Copacabana

Normalmente as corridas começam às 8 ou 9 horas da manhã de um domingo, com previsão de término total das atividades, contando retardatários e a liberação das vias urbanas até aproximadamente metade do dia. Isso quer dizer que, quem escolhe chegar sexta ou sábado tem bastante tempo livre para visitar as atrações cariocas! Sem exagero nos primeiros dias, mas no domingo pós prova tudo é liberado!

Vão aí algumas dicas de passeio!

Forte de Copacabana

Forte visto do alto, entre as praias de Ipanema (esquerda) e Copacabana. (Via Google Imagens: Flickr de Leo Wery).

Vista do Forte de Copacabana.

Confeitaria Colombo

Lapa

Arcos da Lapa ao fundo! Lugar de muita história, música e bares! (Foto via Google Imagens).

Pão de açúcar

Registro em movimento do Pão de Açúcar!

Cristo Redentor

Uma das sete maravilhas do mundo: Cristo Redentor! Passeio imperdível e emocionante! (Foto de Ricardo Zerrenner: http://www.zerrenner.fot.br/).

Claro que o Rio é uma caixinha de surpresas e você pode encontrar muitos outros passeios interessantes! Vale a pena pesquisar e ficar de olho na segurança e nos preços dos transportes urbanos. Caso esteja em grupo, às vezes fica mais barato e seguro pegar um táxi.

No mais, é isso! Espero que tenha gostado no nosso roteiro esportivo de hoje! Prepare-se para o próximo destino! Ele vai ser colaborativo e já posso adiantar que será internacional! Especialíssimo! Não perca!

Bon Voyage!

6 comentários

Ricardo Zerrenner

Pedro, a última foto desse post (Cristo à noite) não é do Google, mas sim minha. Sei que muitas pessoas mutilam a linha de crédito das fotografias parta ocultar a origem, e infelizmente outras pessoas acabam por utilizar as imagens sem poder citar o autor. Uma lástima,
Se for possível, indique a autoria de Ricardo Zerrenner – http://www.zerrenner.fot.br
Abraços.

Responder
Pedro Sá

Olá, Ricardo!
A Ana produziu o post e teve o cuidado de citar que achou a foto através do Google Imagens, então acredito que ela não tenha chegado ao seu nome na busca. Infelizmente ela não escreve mais no blog, então não tenho como confirmar com ela se foi esse o caso.
De qualquer forma, já incluí o link para o seu site, dando o devido crédito à sua fotografia. Parabéns pelo trabalho!
Abraços!

Responder

Deixe uma resposta