lixo_na_rua

Desabafo: A falta de educação dos brasileiros

Variedades

A falta de educação das pessoas no Brasil é um problema sério. Papéis de bala jogados na rua, falta de gentileza no trânsito, um “bom dia” sem resposta no elevador.

Todos temos nossos problemas, maiores ou menores, mas a educação não deve faltar. Hoje voltando do almoço vi uma mulher furando uma pequena fila (em que eu era o próximo a ser atendido) na padaria. Ela entrou na frente de todos, pegou balas e chicletes, chamou a atenção do filho pequeno que se distanciava, contou as moedas, pagou e foi embora. Fiz a minha compra e logo em seguida saí de lá, seguindo os passos da mulher, por coincidência.

Ela pegou um chiclete, tirou-o da embalagem e a jogou no chão. Deu uma bala ao filho, que desembalou e fez o mesmo. A culpa não é da criança, que não tem consciência do seu ato, apenas segue o exemplo da mãe. Esse garoto, quando crescer, provavelmente dará este mesmo exemplo aos seus filhos, sem perceber que essa herança maldita lhe foi passada por sua mãe.

Comente na hora com um colega sobre aquilo que acabávamos de presenciar, e ele disse que não podemos julgá-los pois passam por problemas maiores que esse (a mulher e o filho aparentavam ser de uma comunidade mais pobre que fica próxima ao lugar onde trabalho). Discordo dessa posição dele, uma coisa não pode justificar a outra.Os problemas da vida não podem ser desculpas para a falta de educação. Existem muitas pessoas que passam por provações enormes e nem assim esquecem de ser educadas com as pessoas, com a cidade e com o meio ambiente.

Dias atrás estava num engarrafamento quando vi um cara abri o vidro do carro para jogar lixo na rua. Gritei um sonoro “PORCO!”, com a intenção de que ele realmente ouvisse e se envergonhasse do fato. Pelo contrário, ele ficou bravo. Que inversão de valores, não é?

Há cerca de um ano presenciei outro cúmulo da falta de educação e consciência, em que um motorista de um caminhão de lixo também abriu a janela e jogou um papel na rua. Um tanto contraditório pensar que ele ajuda a limpar a cidade e a suja ao mesmo tempo.

Esse desabafo é para demonstrar a minha indignação com esse círculo vicioso e uma tentativa de alertar a todos. Eu faço minha parte e espero que vocês façam o mesmo também. Seja educado e gentil. Dizem que gentileza gera gentileza, com a educação deve ser a mesma coisa.

Um comentário

Paulo O

É foda isso.. E eu que semana passada quase fui acertado por uma lata de refrigerante jogada por um cara de dentro de um onibus que passava, em plena luz do dia no ponto da praça da liberdade ao lado do predio do Niemeyer. Ponto lotado e a lata no chão, eu me virei fiquei olhando tentando entender o que tinha acontecido, porque simplesmente não dava pra acreditar.
Daí, no dia seguinte, me acontece a mesma coisa, denovo o mesmo cara me joga uma lata de refrigerante da janela do onibus em direção ao ponto lotado de pessoas!!! WTF, eu mandei o cara praquele lugar, mas acho (graças a deus) que não ouviu…

Responder

Deixe uma resposta