Top 05 clichês das séries teen

Fun

A cada temporada, uma dúzia de novos seriados com temática adolescente aparece. Alguns fazem sucesso tremendo, outros não passam de alguns episódios. Mas todos tem alguns elementos em comum, listados abaixo. Qualquer semelhança com O.C, One Tree Hill, Veronica Mars, Beverly Hills 90210, What I like about you e outras é mera coincidência.

1) Protagonista atormentado
O personagem principal tem que ter problemas. Muitos problemas. Problemas com drogas, problemas com a lei, problemas com a turma. Não interessa, o importante é que personagens perfeitamente encaixados em seu meio social não fazem sucesso nas séries adolescentes.

2) Pais autoritários
Os nossos heróis não seriam adolescentes problemáticos se tivessem uma família bem estruturada. Então o negócio é exagerar. Os pais têm que ser piores do que qualquer vilão da Disney. Pai bêbado, mãe adúltera, tio abusador, avô senil, qualquer um serve.

3) Esporte
Série adolescente sem esporte não é série adolescente. Basquete, futebol americano, hóquei, luta greco-romana. Qualquer modalidade é uma boa desculpa para assistirmos cheerleaders com trajes sumários e para fazermos belas analogias sobre superação.

4) Festas
Adolescência nos Estados Unidos é sempre igual: não interessa o quanto você é nerd ou excluído, sempre rola um convite para uma festa de arromba. Lá, ninguém é de ninguém, a bebida corre solta, sempre tem uma patricinha dançando em cima da mesa e muitas vezes ocorre o primeiro beijo de…

5) A dama e o vagabundo
Sim, os opostos TÊM que se atrair. Sabe a menina mais bonita e mais rica do colégio? Ela invariavelmente vai se apaixonar pelo nosso protagonista deslocado. No início, ela vai esconder o relacionamento dos seus amigos, mas a paixão fulminante a fará desafiar a todos, inclusive os pais tirânicos. E no final, o nosso herói já estará perfeitamente integrado à turma do colégio para enfrentar problemas mais sérios como gravidez, mudanças de cidade, traições, ciúmes e armações de seus desafetos.

Fonte: blognatv.com

Deixe uma resposta