Temperatura: o Serial Killer do PC

Curiosidades,Dicas

Uma das coisas que mais estragam o PC é a temperatura elevada.

Quando se fala disso as pessoas logo pensam em processador esquentando, queimando ou desligando o PC automaticamente. Mas não é só isso, nem é o que acontece primeiro.

A temperatura mata o PC aos poucos

Placas de memórias em um gabinete que chega a uma temperatura elevada podem não parar de funcionar, mas começam a dar problemas que em geral a gente credita ao pobre e incompetente Windows ou a algum outro hardware.

Tive plena certeza que dois HDs haviam ido para o espaço e, no entanto, o problema era um pente de memória com defeito.

Exatamente a mesma coisa pode ser dita em relação à placa mãe e a qualquer outro componente do PC.

Todos os PCs deveriam vir com ventoinhas (ventiladores, coolers…) dentro do gabinete, mas não vêm. O básico é uma ventoinha para o processador (porque sem isso o PC não funciona) e um dentro da fonte (aquela parte onde ficam as tomadas). Quanto ao resto, nosso bol$o que se dane.

O Kardecismo e o PC

Um gabinete não deveria passar dos 50 e poucos graus centígrados. Chegando aos 50° já há o risco de alguma porcariazinha que faz alguma placa funcionar desencarnar silenciosamente, criando um fantasma que poderá assombrar o seu PC com travamento e lentidão, e você vai ficar achando que é vírus.

Monitorar a temperatura do PC é tão importante quanto monitorar a temperatura do motor de seu carro.

Não mate O PC a prazo, deixe a temperatura a vista

Para monitorar a temperatura utilizamos o SpeedFan. O SpeedFan – gratuito e sem porcarias – monitora a temperatura do gabinete (Local), do processador (Core), do HD, da placa de vídeo e qualquer outra opção que o seu PC tenha. Tudo configurável.

Ele também tem a opção de controlar a rotação das ventoinhas, mas não confio nessas coisas e nunca usei.

Uma opção interessante é deixar a temperatura a vista, próxima ao relógio.

Chave de Fenda para esfriar o PC

– E se chegar aos 50° a temperatura local, dentro do gabinete do PC?

Desparafuse e abra um dos lados do gabinete (o mais longe da fonte de energia); e se isso não adiantar ligue um ventilador diretamente sobre o interior do gabinete de seu PC.

E providencie duas ventoinhas para o seu gabinete. Uma para a frente e embaixo, puxando ar frio para dentro; e outra para trás e em cima, puxando o ar quente para fora. E quando seu técnico for fazer isso peça a ele para trocar a pasta térmica de seu processador. Tudo sairá por menos de 100 reais e protegerá muito o seu PC.

Deixe uma resposta