Dicas para navegar sem medo pela Internet

Dicas

Os antivírus, sozinhos, não conseguem barrar todas as ameaças na internet (abaixo, uma lista das principais). Além deles, convém instalar firewalls, anti-spywares e anti-spams. Existem pacotes que incluem antivírus, firewall, anti-spam e anti-spyware e são uma opção econômica.

———-

AS AMEAÇAS…

Vírus, vermes (worms) e cavalos-de-tróia
Programas embutidos em arquivos aparentemente inofensivos, que causam danos ao computador. Os antivírus eliminam essas ameaças.

Spyware e adware
Programa que monitora as atividades do usuário – sites visitados, senhas digitadas – para enviá-las a outra pessoa ou exibir publicidade indesejada. Os anti-spywares detectam e removem esses softwares.

Spam
E-mail não solicitado. Pode ser uma publicidade ou um vírus disfarçado. Evitáveis com anti-spams.

Phishing
E-mail enganoso que induz o destinatário a abrir um arquivo, contaminando o computador. O termo vem do inglês fishing (pescaria).

Keylogger e Screenlogger
Programas que registram tudo o que é teclado ou aparece na tela. São usados para roubar senhas. Anti-spywares e firewalls previnem esses ataques.

———-

…E AS SOLUÇÕES

PACOTES
McAfee: Entre outras funções, tem antivírus, firewall, anti-spam e anti-spyware. 119 reais (www.mcafee.com/br).
Norton: As mesmas funções e recursos como bloqueio de sites impróprios. 129 reais (www.symantec.com.br).

ANTI-SPYWARE
Spybot:­ Um dos mais populares, é gratuito (www.spybot.info).
Spy Sweeper:­ Escolhido recentemente pela revista americana PC Magazine como o melhor do gênero. 30 dólares (www.webroot.com).

FIREWALL
Sygate Personal Firewall Standard: Grátis, é considerado simples para configurar (http://smb.sygate.com).

ANTI-SPAM
POPFile:­ Protege a caixa contra e-mails indesejados e separa os demais em pastas, conforme o conteúdo. Grátis (http://popfile.sourceforge.net/).

———-

Conselhos de especialistas
Além das precauções básicas, outros cuidados ajudam a navegar com segurança em situações específicas. VEJA ouviu recomendações de especialistas.

SENHAS MAIS SEGURAS
Para criar uma senha óbvia o suficiente para ser memorizada e complicada o bastante para não ser descoberta, pode-se pensar em uma frase simples, de preferência com números, e usar a primeira letra de cada palavra. Exemplo: “três tigres tristes atrasaram o trem” gera 3TTAOT.

PROGRAMAS DE CRIPTOGRAFIA
Quem usa muito o e-mail para trocar informações confidenciais pode instalar um programa de criptografia, que embaralha o e-mail no caminho até o destinatário. Um exemplo é o GnuPG (www.gnupg.org), gratuito. O destinatário também precisa ter o programa.

COOKIES E JAVASCRIPT
São os nomes de dois recursos que facilitam a navegação na internet, mas expõem o computador a invasores. Quem não quer correr riscos pode desabilitá-los nas opções de segurança da máquina.

TROCA DE ARQUIVOS
Os sites que trocam arquivos, como vídeos e músicas, podem conter links falsos para arquivos infectados. Convém baixar arquivos apenas de pessoas conhecidas.

TRANSAÇÕES BANCÁRIAS
Os bancos têm reforçado a segurança. Alguns distribuem aos clientes cartões com várias senhas, uma para cada acesso. Outros alteraram a forma de digitar a senha na tela – cada tecla representa mais de um algarismo, para prevenir que bandidos leiam o código. No Explorer, um cadeado na parte de baixo da tela indica conexão segura. No Firefox, a janela onde se digita o endereço da internet fica amarela.

Um comentário

Deixe uma resposta