10 mitos médicos

Curiosidades

Médicos descobrem 10 mitos médicos que muita gente acredita

Quem nunca ouviu uma dica ou sugestão de alguém com relação aos cuidados com o corpo? Por esse motivo, Rachel Vreeman e Aaron Carroll publicaram nessa semana um estudo que revela vários mitos médicos que muita gente acredita até hoje.

Veja quais são eles:


As pessoas devem beber pelo menos 8 copos de água por dia

O conselho de beber pelo menos oito copos de água por dia é uma das mais comuns recomendações populares. Segundo o estudo, o mito teve origem em 1945, quando nasceu um boato que dizia que um adulto precisa de 2,5 litros de água por dia. De acordo com os médicos, o consumo de líquidos pode ser feito por meio de dieta de sucos, leite e até mesmo café. Eles também advertem que, beber quantidade excessiva de água pode ser perigoso, resultando em intoxicação hídrica e até mesmo a morte.

Nós usamos apenas 10% do nosso cérebro

Essa crença tem persistido por mais de um século, apesar dos avanços na neurociência. Algumas fontes dão conta que ela tenha surgido de uma alegação de Albert Einstein, mas não existe nenhuma referência. De acordo com o estudo, é inviável manter alguma parte do cérebro sem atividade. Além disso, pesquisas comprovam que as pessoas usam muito mais do que 10% da atividade cerebral. As muitas funções do cérebro são localizadas, com atibuição de diferentes tarefas em diferentes regiões anatômicas.

Cabelos e unhas continuam a crescer mesmo depois que morremos

Mórbido e sem fundamento. Segundo o estudo, este mito tem base em um fenômeno biológico. Quando uma pessoa morre, o corpo desidrata e começa a secar. Esse processo de retração ao redor do cabelo ou da pele cria uma aparência de aumento do comprimento.

Raspar os pêlos faz com que eles cresçam mais rápido, mais escuros e grossos

Outra crença que tem origem popular. Fortes evidências científicas desmentem essas alegações. Em 1928, um estudo clínico demonstrou que o corte do cabelo não exerce qualquer efeito sobre o seu crescimento. Uma explicação para o mito está no fato de que, ao cortar os cabelos, os novos fios ainda não foram atingidos pelos raios solares ou outros aspectos químicos, deixando-os com uma aparência mais escura do que o cabelo já existente.

Ler com pouca luz prejudica a visão

Talvez um dos mitos mais polêmicos, mas sem qualquer fundamento. De acordo com o estudo, a leitura em ambientes com pouca luminosidade causa desconforto, faz com que a córnea fique mais seca e expõe os olhos a trabalharem com um esforço maior, no entanto, não oferece riscos permanentes à visão. No passado, as condições de leitura envolviam muito menos iluminação, com uso de velas ou lanternas, mas o aumento das taxas de miopia nos últimos séculos não deve ser necessariamente apoiado nessas condições.

Comer peru torna as pessoas sonolentas

A presença de triptofano no peru pode ser um dos motivos do mito, pois existem provas científicas de que o triptofano está envolvido diretamente no controle do sono e humor e pode causar sonolência. Entretanto, o peru não contém um número excepcional de triptofano capaz de deixar uma pessoa sonolenta. Outros mecanismos fisiológicos explicam a sonolência após as refeições.

Comer à noite engorda mais

À primeira vista este mito parece ser coerente, entretanto, alguns estudos científicos indicaram que não tem fundamento. O problema não é comer à noite. As pessoas engordam porque consomem mais calorias do que queimam. Outros estudos não encontraram nenhuma ligação entre as pessoas que comem à noite com o ganho de peso.

Manter a cabeça protegida diminui o calor

Os mais antigos costumam dizer que o uso de chapéus e bonés ajuda a diminuir a temperatura do corpo. Infelizmente isso não é verdade. O corpo perde calor e vai reduzindo a temperatura proporcionalmente. Então, se você quiser manter sua cabeça coberta, saiba que não facilitará o calor.

Você pode curar a ressaca

Tome aspirina, coma banana, beba água, tome banho, enfim… nada do que você venha a fazer vai acabar com a sua ressaca. Não há provas científicas ou comprovação de que qualquer tratamento seja eficaz na recuperação de uma ressaca. A ressaca é causada pelo excesso de álcool, logo, a maneira mais eficaz de evitar a ressaca é não consumir álcool ou fazê-lo com moderação, afirma o estudo.

Os suicídios aumentam durante as folgas

Existe um mito que afirma que durante as folgas (férias, finais de semana e feriados) aumentam os casos de suicídio. Um estudo realizado no Japão provou que os índices de suicídios cometidos entre 79 e 94 foram menores nos dias que antecederam os feriados do que nos próprios dias. Uma outra pesquisa realizada nos EUA, ao longo de 35 anos, revelou que não houve aumento antes, durante ou depois dos períodos de folgas e feriados.

———-

Fonte:

O Buteco da Net

Deixe uma resposta