Gênesis: O Google antes de ser Google

Curiosidades


O Google antes de ser GoogleO Google é hoje uma das gigantes empresas da internet. Com um passado humilde, aonde tudo não passava de um projeto universitário de busca, o caminho percorrido envolveu um logotipo quase monocromático e um servidor bastante modesto.


A universidade de Stanford, em 1998, foi sem dúvida o berço da empresa que revolucionou a internet. Hoje em dia, a empresa conta com centros de informação em todas as partes do mundo e centenas de milhares de servidores. No começo, quando o Google ainda nem era chamado Google e esse nome nem havia passado pela cabeça de Sergey Mikhailovich Brin (Sim, ele é russo. Nasceu em Moscou) — ainda que o domínio google.com já tivesse sido registrado por uma empresa chamada Mark Monitor Inc —, todo o funcionamento do motor de busca que iria se tornar o mais usado no mundo se passava nisto:


O projeto começou em 1996, e tinha o nome de Backrub porque usava uma tecnologia que iria mudar o modo como a web via as buscas. Isso aconteceu porque antes do Google, os motores de busca utilizavam como critério de relevância o número de vezes que a palavra buscada se repetia na página. Essa técnica fazia com que resultados pudessem ser facilmente manipulados, e nem sempre mostrava as páginas de melhor qualidade. O projeto começou nas mãos de Larry Page, e logo Sergey Brin se juntou a ele. Contudo, uma empresa chamada Rank Dex já estava explorando uma tática similar de busca.


O novo motor de busca idealizado por Larry consistia em dar relevância às páginas com mais links para elas. Assim, uma página bastante citada pela internet, à qual várias outras páginas davam um link eram mais relevantes, já que estes links eram contados como um voto de credibilidade, e por isso, deveria ser aproveitado e levado em conta como um bom resultado para quem procurasse algo do tipo.

A plataforma original onde o Google rodava, na Stanford era a seguinte:

* Sun Ultra II com processadores dual 200 MHz e 256MB of RAM. Essa era a máquina principal para o Backrub.
* Servidores 2 x 300 MHz Dual Pentium II (doados pela Intel) com 512MB of RAM e 9 x discos rígidos de 9GB entre os dois. A busca principal rodava nestes.
* F50 IBM RS/6000 (doados pela IBM) com 4 processadores, 512MB de RAM e 8 discos rígidos de 9GB.
* Duas caixas adicionais incluiam 3 x discos rígidos de 9GB e 6 x discos rígidos 4GB respectivamente (o armazenamento original do Backrub). Esses eram presos ao Sun Ultra II.
* Disco de expansão IBM com 8 x discos rígidos 9GB (doados pela IBM).
* Caixa de discos feita em casa que continha 10 x discos rígidos SCI 9GB.


Logo o web site do Backrub disponibilizou um link para um buscador que, como dizia o próprio link, era “uma demonstração que busca os títulos de mais de 16 milhões de URLs.”

Este link levava ao que seria o nascimento do Google. Você pode clicar aqui para ver como o BackRub era exatamente naquele tempo, e aqui para ver como era o Google.

Neste tempo, o Google apenas abrangia domínios dentro dos Estados Unidos. Com investimentos iniciais de 1,1 milhões de dólares — 100 mil destes vindos da Sun Microsystems —, em 1999 Sergey e Larry se mudaram para Palo Alto, Califórnia e ainda naquele ano se mudaram para o lugar que hoje conhecemos com o Googleplex, que fica em Mountain View, Califórnia.

Fontes: Wikipédia Inglesa, Royal Pingdom
Via: Google Discovery

Um comentário

Deixe uma resposta