O movimento musical Playing for Change

Curiosidades,Dicas,Variedades,Video

Playing for Change, que pode ser duplamente entendido como “Tocando por uns trocados” ou “Tocando por mudanças”, é um projeto criado para quebrar barreiras geográficas, políticas, espirituais ou ideológicas, unindo pessoas de diversas partes do mundo através da música. O primeiro episódio do projeto é uma versão de “Stand By Me”, que foi gravada por artistas desconhecidos numa espécie de “estúdio de rua” em todo o mundo.

Playing for Change é um movimento musical criado para inspirar, conectar e trazer a paz ao mundo através da música. A idéia deste projeto surgiu de uma crença comum de que a música tem o poder de quebrar barreiras e vencer as distâncias entre as pessoas. Não importa se as pessoas têm diferenças geográficas, político, espirituais ou ideológicas, a música tem o poder universal para transcender e nos unem como uma raça humana. E com essa verdade firmemente fixada em nossas mentes, partimos para compartilhá-lo com o mundo.

Tudo começou com uma base de voz e guitarra gravada nas ruas de Santa Monica, Califórnia, por um músico de rua chamado Roger Ridley. A base foi então levada para Nova Orleans, Louisiana, onde Grandpa Elliott – um cantor cego – acrescentou vocais e harmónica enquanto escutava a base de Ridley através de fones de ouvido. Na mesma cidade, Washboard Chaz’s contribuiu com percussão de metais. A partir daí, os produtores desta maravilha foram buscar o restante da mistura na Europa, África e América do Sul, acrescentando novas faixas com vários instrumentos e vocais, os quais foram montados na versão final, que foi compilada neste vídeo abaixo.

Tudo isto feito com um simples laptop e alguns microfones!

Veja a lista dos músicos que participaram e os locais onde foram encontrados:

Rodger Ridley – Santa Mónica, EUA
Grandpa Elliott – Nova Orleães, EUA
Washboard Chaz – Nova Orleães, EUA
Clarence Bekker (aka CB Melton) – Amsterdão, Holanda
Twin Eagle Drum Group – Zuni, Novo México
François Viguié – Toulouse, França
César Pope – Rio de Janeiro, Brasil
Dimitri Dolganov – Moscovo, Rússia
Roberto Luti – Nova Orleães, EUA
Geraldo & Dionísio – Caracas, Venezuela
Junior Kissangwa Mbouta – Congo
Pokei Klaas – Guguletu, África do Sul
Django Degen – Barcelona, Espanha
Sinamuva – Umlazi, África do Sul
Stefano Tomaselli – Pisa, Itália
Vusi Mahlasela – Mamelodi, África do Sul

Visite também o site do projeto Playing for Change: http://www.playingforchange.com/

3 comentários

Deixe uma resposta