E aí, gente bonita, tudo bem?

Já tem um tempo que escrevo aqui no Blog Ideias, então, vocês já devem ter percebido que eu sou uma pessoa sincera. Quando a invenção é boa, eu elogio; quando é meia-boca, eu critico. Só que hoje, além de elogiar/criticar, vou fazer diferente: vou propor algumas dicas, novos usos para cada invenção. Assim, elas passam de estapafúrdias a usáveis. Criatividade é tudo, meu povo!

Pra começar, peço que retirem todos os membros da família Nardoni da frente do computador, pois agora lhes apresento a “baby cage“, uma gaiola para bebês. Construída em 1937 e distribuída em Londres para pais desavisados, a gaiola era pendurada nas janelas para o bebê tomar um arzinho. Não, eu não sei se alguma criança já despencou lá de cima:


Dica da Nati: Utilize a baby cage como “cantinho do castigo”, no melhor estilo Supernanny de ser.

Se a baby cage não funcionar com o seu bebê e ele continuar chorando, esperneando e fazendo o maior escândalo, tente utilizar os “seios pulsantes”, ou beating breasts. Trata-se de um par de seios artificiais com um mecanismo interno imitando as batidas do coração. Claro, inventado por japoneses. Perfeito para você, que é pai solteiro:


Dica da Nati¹: Menina-mulher, gata-garota-marota desprovida de abundância frontal, diga adeus ao silicone: compre um par de beating breasts!
Dica da Nati²: Donos de sex shop: aproveitem essa tecnologia em suas bonecas infláveis!

A próxima invenção é realmente útil: um “assador” externo de perus. Ao invés de ficar pedindo o forno da vizinha emprestado pra assar o bolo enquanto o peru não fica pronto, agora você pode fazer as duas coisas ao mesmo tempo:

 
Dica da Nati: Menina-mulher, gata-garota-marota, aproveite seus seios pulsantes novinhos em folha, vista seu biquíni, chame as amigas e divirta-se com seu super “assador” externo de perus! O bronzeado vai ficar sensacional!

Depois dessas invenções inusitadas e das dicas incríveis (modéstia não é o meu forte), fico por aqui.

Meu muito obrigada ao criador-dono-administrador-autor-editor-revisor-e-ditador deste blog, que me enviou o link com “The dumbest inventions of the twentieth century“.

Leiam, comentem, xinguem, briguem, saiam no tapa. O importante é participar!

Beijos e até a próxima!