rock_in_rio_2011

Dicas para o Rock In Rio 2011

Dicas

Olá, pessoal! No último final de semana, mais especificamente no dia 24/09, eu, minha namorada e minha irmã fomos ao Rock In Rio. Foi muito bacana, divertido e cansativo também. Tivemos que descobrir diversas coisas sozinhos, como seria o transporte até o evento, por exemplo, que ônibus pegaríamos, etc. Decidi então compartilhar com vocês algumas das experiências que tivemos e passar algumas dicas para quem for ao evento nos próximos dias.

Então vamos lá!

No Rio de Janeiro, fiquei hospedado na casa de um amigo que fica no Leme, há quase 30 km do local do evento. Pegar um táxi custaria os olhos da cara, então teríamos que ir de ônibus, já que carros estavam proibidos de trafegar nas proximidades da Cidade do Rock. Pelo Google Maps, precisaríamos pegar um ônibus em Copacabana e que nos levaria até o Terminal Alvorada, de onde sairiam os ônibus circulares para o evento. Acabamos pegando uma van, que apesar de ser um pouco mais cara (R$6 por pessoa, contra os R$2,50 do ônibus) foi mais vantajosa, pois rapidamente os lugares foram preenchidos por outras pessoas que também iam ao Rock In Rio e só paramos no Terminal.

Chegando ao Terminal Alvorada, descobrimos que o lugar estava uma bagunça completa. Apesar disso, a todo momento saíam vários ônibus em direção à Cidade do Rock, e nem precisamos esperar demais. Se não estiver com pressa, espere um pouco para pegar um ônibus mais vazio e ir sentado. Preço do ônibus: R$2,50.

Após descer do ônibus, tivemos que andar quase 2 km até a entrada da Cidade do Rock. O esgoto a céu aberto e alguns pântanos no caminho deixam o odor nada agradável em alguns pontos do trajeto. Ambulantes vendendo capas de chuva e bebidas se multiplicavam como Gremlins na chuva.

A entrada no evento foi rápida, e fiquei bastante surpreso com a falta de segurança nesse processo, pois não fui revistado em momento algum. Pessoas mal intencionadas poderiam facilmente entrar com armas e drogas, o que é um perigo tremendo!

Se for com amigos ou familiares, combine logo na entrada algum ponto de encontro. Sugiro a porta de alguma loja ou outros lugares de fácil acesso, como o corredor dos banheiros.

Caso vocês não façam questão de assistir outros shows que não os do Palco Mundo, não precisam chegar muito cedo. Ir para o evento um pouco mais tarde pode facilitar o acesso ao evento e ainda deixar mais energia para os grandes shows.

Se não estiver chovendo, aproveite os ambulantes do caminho para pechinchar uma capa de chuva (vi até 3 por R$10). Nós acabamos não comprando antes de entrar, e pagamos o preço inflado (1 por R$10) depois de uma rápida chuva, já na parte de dentro.

Leve agasalho! A Cidade do Rock é bem aberta, e uma combinação de chuva com ventos pode deixar tudo mais gelado do que o normal. Caso esqueça o casaco em casa e não queira passar frio, recorra a uma das lojas de roupa espalhadas pelo evento. Eu, por exemplo, não levei e tive que comprar um casaco na Taco. Eles estavam aceitando cartões de crédito e dividindo as compras de até 2 vezes.

No quesito segurança, apesar de termos entrado sem sermos revistados, não tivemos problemas. Uma dica boba (mas que funciona bem!) é usar a capa de chuva o tempo todo, pois ela bloqueia o acesso aos bolsos e bolsas.

Leve uma sacola com alguns alimentos, pois são muitas horas de show e você vai gastar muita energia. As filas dos restaurantes na Cidade do Rock são grandes, fazendo com que você tenha que esperar uns bons minutos até conseguir ser atendido. Além disso, os preços não são muito convidativos.

Dentro da Cidade do Rock vocês também encontrarão alguns ambulantes vendendo bebidas (água, refrigerante, cerveja), o que pode poupar mais chateações com filas. Então fiquem atentos caso bata a sede.

As filas dos brinquedos ficam bem grandes nas primeiras horas dos shows, então se fizer questão de andar na montanha russa ou na roda gigante, tente esperar um pouco até encarar as filas.

Os banheiros são enormes, e pela quantidade de gente que os utiliza fica quase impossível mantê-los limpos, mas pelo menos não será preciso enfrentar filas.

Caso você se canse durante o show, o que é natural que aconteça eventualmente, aproveite os fundos e as laterais da Cidade do Rock, onde o movimento é menor, e sente-se, relaxe, descanse. O ritmo é intenso e repôr as energias pode te dar um gás a mais para os shows.

No mais, aproveite o evento, curta os shows, cante, dance, se divirta!

Ah, e faça um cartaz com o link do Blog Ideias e mostre para toda e qualquer câmera que vir por lá! Hehehe

Vejam algumas fotos que tirei por lá:

Dicas para o Rock In Rio 2011

Dicas para o Rock In Rio 2011

Dicas para o Rock In Rio 2011

Dicas para o Rock In Rio 2011

Dicas para o Rock In Rio 2011

Dicas para o Rock In Rio 2011

Dicas para o Rock In Rio 2011

Dicas para o Rock In Rio 2011

Dicas para o Rock In Rio 2011

Dicas para o Rock In Rio 2011

10 comentários

Carol Arruda

Adorei! Utilidade pública… [email protected]: Dicas para o Rock In Rio 2011 http://t.co/YiZ4sG3j #blogideias”

Responder
Angelo Rigonati

ESTÁVAMOS LÁ! HAHAHA! Foi no dia 25 também ?! vixxxxx (muita gente)

Lembrando que, na volta, as pessoas tem que comprar o RioCard, dependendo do horário que voltarem na madrugada, os ônibus só aceitam quem tem o riocard… (:

Se soubesse que você ia, já ia combinar de conhece-lo!

Forte abraço.

Responder
Pedro Sá

Observação importantíssima, Ângelo!!

Isso foi outra coisa que achei um absurdo, você ter que comprar o cartão para conseguir sair do evento. E se eu quisesse ir embora à pé, seria proibido?

De qualquer forma, fica mais essa dica a todos: comprem o RioCard antes do evento, para não ter aborrecimentos depois!

Responder

Deixe uma resposta